procura

Google

sábado, 10 de dezembro de 2011

Restaurando valores no Senhor (1João 3)


Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.
Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. 1 João 3.1,2
Deus não tem nos chamado somente para sermos meros seguidores de Cristo, mas Ele nos chama e nos convida para sermos seus filhos, para fazermos parte  de sua família.
E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.
Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade.
E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado.
Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu.
Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo.
Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.
Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.
Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus.
Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros. 1 João 3.3-11
Se fazemos parte da família de Deus, nosso comportamento e índole deve ser cada vez mais parecida com a de Cristo. Isto não quer dizer que não vamos errar, mas que quando erramos logo nos arrependemos, e procuramos não o fazê-lo novamente, o que não acontece com quem não conhece a Deus e não tem consciência do pecado. E o que nos difere potencialmente do mundo é o amor que supostamente deveríamos demonstrar uns pelos outros e por todos os nossos semelhantes. Infelizmente este é o item faltoso em nosso meio e que nos tem confudido com as pessoas que não conhecem a Jesus. Se tem faltado amor verdadeiro, será que realmente temos conhecido o amor verdadeiro?
Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor. Romanos 13:9-10
Nós temos conhecido um povo que está dentro das igrejas e tem se assemelhado com a geração de Caim:
Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas.
Meus irmãos, não vos maravilheis, se o mundo vos odeia.
Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte
Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele.
Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.
Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?
Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade.
E nisto conhecemos que somos da verdade, e diante dele asseguraremos nossos corações; 1 João 3.12- 19
Muitos tem matado seus “irmãos” com fofocas, injúrias, calúnias, difamações, MENTIRAS! Isso é falta de conhecer o amor incorruptível de Cristo que morreu por nós. A palavra é clara quando diz que conhecemos o amor nisto, Jesus deu a vida por nós,e nós devemos da a vida pelo irmão. No tempo em que vivemos, muitos de nós tomados por uma avareza torpe, não temos coragem de ajudar em nada, ninguém. Taxamos logo as pessoas de vagabundas, ou preguiçosas, e não espelhamos o amor de Cristo em nada. Nos vangloriamos em nós mesmos, não nos lembramos que de nós nada temos e que tudo vem do Senhor!
E é por Cristo que temos tal confiança em Deus;
Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus, 2 Coríntios 3:4-5
Creio que temos que nos lembrarmos de onde Deus nos tirou, de como éramos antes do Senhor nos resgatar e retomarmos a consciência de que não somos capazes de nada se não fosse o amor e a misericórdia de deus em nossas vidas, se não fosse o sacrifício de Jesus na cruz por cada um de nós.  Temos que parar de confiar no que vemos ou sentimos, pois a palavra nos diz que o nosso coração é mais enganoso do que todas as coisas, e colocarmos a nossa confiança em Deus novamente.
Sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas.
Amados, se o nosso coração não nos condena, temos confiança para com Deus;
E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista.
E o seu mandamento é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o seu mandamento.
E aquele que guarda os seus mandamentos nele está, e ele nele. E nisto conhecemos que ele está em nós, pelo Espírito que nos tem dado. 1 João 3.20-24
Se nos voltarmos a Deus, lembrarmos que não há justiça em nós, somente em Cristo, Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Romanos 3.10 e colocarmos nossa confiança inteiramente nEle, teremos novamente o seu favor e poderemos ter novamente nossas orações atendidas, pois daremos espaço para que Deus aja em favor de nós. O que precisamos praticar é a obediência, que nos tem faltado, a fé e a esperança de que há um Deus que tudo vê, tudo ouve e está em todos os lugares, e o principal o AMOR fraternal, sem olhar a quem, Jesus nos diz em Mateus 5: 44 Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;
O amor é ação e não estado, por isso nosso amor precisa ser refletido em ações, e se nós estivermos falhando nisso, estaremos pecando, pois “aquele que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado” Tiago 4.17, nossa vida precisa ser vivida de acordo com a Palavra que professamos ser verdade absoluta.
Portanto hoje não endureçamos os nossos corações e que possamos ler e entender  Hebreus 10:24-26 para que vivamos!  E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e ás boas obras, Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados,

4 comentários:

PATRÍCIA TELLES disse...

"Muitos tem matado seus “irmãos” com fofocas, injúrias, calúnias, difamações, MENTIRAS! Isso é falta de conhecer o amor incorruptível de Cristo que morreu por nós." - SEU TEXTO É MUITO REAL NOS DIAS DE HOJE E ESTA FRASE QUE RETIREI É A PROVA DE QUE PRECISAMOS AMAR MAIS E PARAR DE BATER DE FRENTE UNS CONTRA OS OUTROS.

Joao Cruzue disse...

.

Oi Irmã Cintia,

O conteúdo deste Blog sembre foi muito bom. Que o Senhor lhe abençoe o esforço, concedendo resposta em breve, às orações que faz em secreto.

A paz de Cristo

Cintia Kaneshigue disse...

A paz irmão João!

Obrigada por tudo sempre!! Deus abençoe!

Cintia Kaneshigue disse...

É verdade Patrícia, infelizmente nós não temos vivido o amor de acordo com a Palavra, mas não é tarde para nos arrependermos e pedirmos a Deus por mudancas



Todos os artigos podem ser copiados, desde que citada a fonte.